top of page
  • Foto do escritorlucas protti

A depressão dos homens



A depressão é um fantasma que assombra a vida de muitos homens, inclusive aqueles que alcançam o sucesso. A história do rapper brasileiro Baco Exu do Blues é um exemplo contundente: no auge de sua carreira, ele se viu enredado nas teias da doença. Sua trajetória, e de tantos outros, desnuda a necessidade urgente de discutir a saúde mental masculina e romper o silêncio que a cerca.


Diferentemente das mulheres, os homens podem apresentar a depressão de forma menos óbvia, camuflando-a em raiva, irritabilidade e até mesmo no abuso de substâncias. A pressão social para se encaixar em normas de masculinidade tradicionais, como ser forte e provedor, impede a expressão de suas emoções e dificulta a busca por ajuda.


Ao reconhecer sua depressão, Baco descreveu (em entrevista disponível no YouTube) o momento como sendo o "destruir toda a masculinidade que tinha sido imposta” desde a infância. Esse é um desafio comum para muitos homens, que são ensinados a reprimir suas vulnerabilidades.


Em meu consultório, é frequente ouvir homens expressarem o arrependimento de não terem buscado ajuda profissional antes. Muitos relatam ter adiado a terapia por medo de julgamentos internos e de outros homens. Mesmo aqueles que decidem iniciar o tratamento reconhecem o desafio que é se colocarem em uma posição de "fragilidade" diante de outro homem.


O estigma de um certo modo de masculinidade é um obstáculo colossal para que os homens busquem ajuda para a depressão e outros problemas de saúde mental. A crença limitante de que homens devem ser sempre fortes e "não choram" impede que eles expressem e tratem suas emoções e fragilidades.


Muitos homens não reconhecem os sintomas da depressão como um problema de saúde mental, o que dificulta a busca por ajuda profissional. O medo de serem julgados ou discriminados por amigos, familiares ou colegas de trabalho também contribui para o silêncio ensurdecedor em torno da depressão masculina.


É fundamental que os homens saibam que não estão sozinhos e que a depressão é algo tratável. Existem diversos recursos disponíveis para auxiliar os homens que sofrem da doença, como linhas de apoio, grupos de terapia e profissionais especializados. Felizmente, cada vez mais homens estão se conscientizando disso, abrindo caminho para uma masculinidade mais autêntica e saudável.


Juntos somos mais fortes.

9 visualizações0 comentário

Bình luận


bottom of page