top of page
  • Foto do escritorlucas protti

Cuidado com os aparentes "atalhos"!





Na jornada da vida, é essencial termos cautela com os aparentes atalhos. À primeira vista, eles podem parecer uma solução rápida e fácil para nossos desafios, mas frequentemente escondem armadilhas que nos fazem perder mais tempo e energia no longo prazo.


Por exemplo, tomar anabolizantes para ficar forte rapidamente pode resultar em sérios problemas de saúde, como danos ao fígado, alterações hormonais e até problemas cardíacos. O esforço que tentamos evitar hoje retorna em outros momentos de forma mais intensa e exigente. É como uma dívida que acumulamos; o que não resolvemos agora, teremos que enfrentar futuramente, talvez de maneira ainda mais complicada.


Aquilo que não aceitamos ou enfrentamos inevitavelmente continuará a nos encontrar. Os problemas e desafios não desaparecem simplesmente porque os ignoramos. Eles persistem, aguardando pacientemente o momento de se manifestar novamente em nossa vida. Outro exemplo é o uso de medicamentos psicostimulantes para estudar para concursos. Inicialmente, pode parecer uma maneira eficiente de aumentar a concentração e o rendimento, mas a longo prazo, pode levar a dependência, ansiedade e outros problemas de saúde mental.


Cada lição que a vida nos oferece é valiosa, mesmo que pareça insignificante à primeira vista. São essas pequenas lições que nos moldam, constroem nosso caráter e nos preparam para os grandes desafios. Se não aprendermos com elas, seremos obrigados a repeti-las mais cedo ou mais tarde. A vida tem um jeito peculiar de nos ensinar o que precisamos saber, mesmo que seja através de repetidas tentativas.


A tentativa de escapar da dor frequentemente resulta em um sofrimento ainda maior.


A dor faz parte do crescimento e da transformação; evitá-la é evitar também o processo de amadurecimento. Ao tentar escapar, podemos acabar criando mais sofrimento, pois ignorar a dor ou buscar caminhos fáceis pode nos levar a consequências mais difíceis de lidar. Por exemplo, recorrer ao consumo de álcool ou drogas para fugir de problemas emocionais pode resultar em vícios e complicações maiores, tanto para a saúde quanto para as relações pessoais e profissionais.


A busca incessante pela perfeição é inútil, pois a perfeição nunca será alcançada. Viver em busca de algo inalcançável pode nos levar a frustrações constantes e a um sentimento de insuficiência. Nada se sustenta sem dedicação; qualquer empreendimento ou relacionamento requer esforço constante para florescer.


O compromisso e a perseverança são fundamentais para manter e nutrir aquilo que valorizamos. Sem dedicação, até mesmo os maiores sonhos e conquistas se desvanecem.

Além disso, a sensação de completude pode ser uma grande inimiga da evolução. Quando nos sentimos completos, tendemos a estagnar, esquecendo que o crescimento é um processo contínuo e essencial para a nossa evolução.


A verdadeira sabedoria está em reconhecer que sempre há mais a aprender, mais a crescer, e que a jornada de autodescoberta e aprimoramento é interminável. A vida é um fluxo constante, e é essa dinâmica que nos mantém em movimento.


Portanto, abraçar os desafios, aceitar as lições e compreender que a dor faz parte do caminho são atitudes fundamentais para uma vida plena e em constante evolução. A dedicação e a aceitação do processo são os alicerces para uma existência significativa e rica em aprendizados.


Lucas C. Protti Psicólogo CRP 16/4446

2 visualizações0 comentário

تعليقات


bottom of page