top of page
  • Foto do escritorlucas protti

Quanto tempo dura um tratamento psicológico?

Atualizado: 29 de mai.



Trata-se de uma pergunta natural e importante!


Nesse sentido, artigo 20 do Código de Ética da Psicologia é bastante claro a respeito: ao divulgar seus serviços, um profissional de Psicologia não deve fazer promessas definitivas de resultados. Em outras palavras, não é ético garantir que determinados resultados serão alcançados e, muito menos, definir o tempo em que isso ocorrerá de fto.


Nossa prática profissional é complexa e influenciada por diversos fatores que consideramos ao longo do processo. Podemos esperar, com base em nossa experiência e expertise, que o tratamento contribua para melhorias na vida da pessoa, fortalecendo sua relação consigo mesma e com o mundo ao seu redor. No entanto, é importante distinguir entre essa expectativa e a definição de prazos fixos para o término do tratamento


Ao contrário de uma equação matemática, a duração de um tratamento psicológico é variável e depende de um processo cuidadoso, que envolve vários fatores impossíveis de serem previstos. Por isso, é lamentável quando observamos colegas fazendo afirmações simplistas e perigosas, como "o tratamento terá resultados em seis meses" ou "essa abordagem cura a depressão em um período específico".


Portanto, ao invés de fixar prazos arbitrários para o término do tratamento, é importante que o psicólogo adote uma abordagem flexível e colaborativa, que priorize o bem-estar e o desenvolvimento do cliente ao longo do tempo.


Isso implica em uma prática terapêutica que esteja sempre aberta a reavaliações, ajustes e novas estratégias, conforme as necessidades e o caminhar do cliente. Dessa forma, podemos oferecer um cuidado mais eficaz e responsável, alinhado com os princípios éticos e com o compromisso com a saúde e a qualidade de vida daqueles que buscam nosso auxílio.

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page